Ossos da Face

Mandíbula

É um osso ímpar que forma a porção ventrocaudal da face e contém os alvéolos dentários inferiores.

Posição anatômica:

Anteriormente: eminência mentoniana

Cranialmente: côndilos

 

Mandíbula – vista anterior  Mandíbula - vista posterior

Mandíbula – vista anterior
Mandíbula – vista lateral

 

Mandíbula – vista medial Mandíbula – vista posterior

Mandíbula – vista medial
Mandíbula – vista posterior

 


 

Vômer

Osso ímpar, plano, quadrilátero e alargado que forma as porções posteriores e inferiores do septo nasal.

Posição anatômica:

Inferiormente: borda palatina

Dorsalmente: asas

Vômer – vista lateral Vômer – vista posterior

Vômer – vista lateral
Vômer – vista posterior

 


 

Maxila

É um osso par e pneumático que tem a forma cubóidea e que se comunica com a cavidade nasal. São os maiores ossos da face, com exceção da mandíbula, e pela sua união forma todo o maxilar superior. Formam parte do teto da cavidade oral e do assoalho da cavidade nasal. Contêm os alvéolos dentários superiores.

Posição anatômica:

Anteriormente: espinha nasal

Cranialmente: processo frontal

Lateralmente: processo zigomático

Maxila – vista lateral Maxila e Palatino - vista medial

Maxila – vista lateral
Maxila e Palatino – vista medial


Palatino

É um osso par que forma a parte posterior do palato duro, parte do assoalho e da parede lateral da cavidade nasal. Sua forma lembra a letra L.

Posição anatômica: Dorsalmente: processo piramidal

Inferiormente: lâmina horizontal

Medialmente: crista nasal

Palatino – vista lateral Palatino – vista posterior

Palatino – vista lateral
Palatino – vista posterior

 


Zigomático

É um osso par que está situado na parte lateral do esqueleto facial formando a proeminência da face, parte lateral e assoalho da órbita e parte das fossas temporais e infratemporais.

Posição anatômica:

Anteriormente: forame zigomáticofacial

Cranialmente: processo frontal

Medialmente: face orbital

Zigomático – vista lateral Zigomático – vista posterior

Zigomático – vista lateral
Zigomático – vista posterior

 


Concha Nasal Inferior ou Corneto Inferior

É um osso par que se estende ao longo da parede lateral da cavidade nasal. Consiste de uma lamina de osso esponjoso que enrola sobre si mesmo.

Posição anatômica:

Medialmente: face convexa

Superiormente: borda das eminências

Dorsalmente: extremidade opilada

Viscerocrânio – Corte frontal através do meio da órbita em vista anterior

Viscerocrânio – Corte frontal através do meio da órbita em vista anterior

 


Lacrimal

É uma delgada lamina óssea, par, de forma quadrangular alargada que se encontra situada na porção anterior da parede medial e interna da cavidade orbitária.

Posição anatômica:

Medialmente: canal lacrimal

Superiormente: borda articular para o osso frontal

Dorsalmente: gancho lacrimal Órbita

Orbita

Sonda no canal infra-orbital – vista antero-lateral

 


Nasal

É um osso par, oblongo que forma o dorso do nariz.

Posição anatômica:

Anteriormente e lateralmente: face convexa

Superiormente: bordo dentado

Cavidade Nasal

Parede lateral da cavidade nasal, após remoção da concha nasal média – Vista medial

 


Hióide

É um osso particular, pois é o único que não se articula com nenhum outro e que não é considerado pertencente à face. Recebe esse nome por ser semelhante à letra U grega. É o osso da base da língua, pois nele ela se insere. Pode ser considerado osso da face como também osso do pescoço.

Posição anatômica:

Anteriormente: convexidade do corpo

Cranialmente: cornos

Hióide – vista ântero-superior Hióide – vista lateral

Hióide – vista ântero-superior
Hióide – vista lateral